Imagina obter insights relevantes antes de cada decisão que precisa tomar na organização. Por exemplo, a campanha de marketing para o lançamento de uma nova oferta está em fase de finalização e o planejamento prevê foco prioritário no marketing tradicional.

Entretanto, ao analisar as informações de mercado e concorrentes, você descobre que o tipo de produto que será lançado aumentou as vendas em 70% no e-commerce no último ano. “Ufa, ainda bem que dá tempo”. É a hora de mudar a rota e investir em estratégias digitais.

O que parece premonição tem nome. Trata-se do data driven, conceito que trabalha com a análise orientada por dados, permitindo uma tomada de decisão assertiva e vantajosa ao negócio.

Qlik Sense e Data Driven: combinação perfeita

Basta interagir nas redes sociais, fazer uma compra ou atender uma ligação que os dados são gerados e espalhados na rede. Contar e acessar  essas informações para desenvolver o planejamento de marketing é fundamental.

Afinal, é preciso conhecer as preferências do cliente, tendências de mercado, canais que mais utiliza para se informar, além da maneira como faz as compras e deseja se comunicar com a marca.

Mas, para utilizar esses dados em prol do negócio é essencial aplicar inteligência nas análises.

É aí que o Business Intelligence entra. A combinação da tecnologia Qlik Sense com o data driven possibilita realizar a análise dos dados, integrando informações de diferentes departamentos, mercado e concorrentes e permitindo uma visão em tempo real. E tudo isso pode ser feito de maneira muito rápida e simples, como arrastando e soltando os dados em dashboard personalizados.

Mercado busca profissionais orientados por dados

Para identificar oportunidades valiosas ao negócio, as empresas precisam de profissionais que trabalhem guiados por dados. Por isso, a formação de cientistas e especialistas em dados vem crescendo no Brasil.

Esse profissional passa a ser essencial para que as companhias possam utilizar as informações disponíveis em diversos canais, terem uma visão 360 graus do que os consumidores desejam e traçarem estratégias preditivas.

Segundo um levantamento do Gartner, 34% das empresas brasileiras devem investir em Big Data até o final do ano e o investimento em BI e Analytics deve ficar em torno de US$ 790 milhões.

Ficar por fora do data driven e do uso das soluções de business intelligence pode prejudicar o desempenho comercial da organização e impactar na performance financeira. Por isso, se você quer se atualizar sobre o assunto, uma boa alternativa é a Academia IN, que capacita e treina os profissionais em relação às tendências da área.

Afinal, “o modo como você reúne, administra e usa a informação determina se vencerá ou perderá”, não é à toa que Bill Gates compartilha este pensamento.

Baixe o QlikSense gratuito