A gestão de um órgão público não é algo simples. Além de lidar com o dinheiro dos impostos pagos pela população, os gestores possuem a responsabilidade de manter todos os dados atualizados, ter precisão nas decisões e rapidez nas ações. Para isso, muitos usam o business intelligence (BI) para gerenciar órgãos públicos.

Apesar de ser um benefício comprovado na prática por centenas de gestores públicos, muitos ainda permanecem com o trabalho manual e o alto risco de decisões equivocadas. Isso ocorre, em grande parte, por ter o gerenciamento de dados baseado em ações manuais e sem o business intelligence para auxiliar na gestão da informação.

Quer saber como o BI pode transformar o gerenciamento de uma empresa governamental?

Acompanhe nosso post e conheça dois casos práticos em que a plataforma Qlik foi utilizada na gestão das informações, na geração de indicadores rápidos e seguros!

Como a cidade de Santos (SP) usou a plataforma Qlik para se tornar uma cidade digital.

A administração pública vive há alguns anos com uma realidade diferente: os orçamentos são mais limitados, as verbas são comprometidas e existe uma exigência maior pela eficiência nas decisões.

A Plataforma Qlik pode ajudar uma prefeitura na tomada de decisões inteligentes baseadas em indicadores seguros, além de proporcionar uma alta velocidade na gestão de informações.

Área de Finanças

Antes de usar o business intelligence como solução para os dados da prefeitura, tudo era realizado de forma manual. Nesse caso, as planilhas e relatórios eram baseados em situações que haviam acontecido, agora, os gestores podem prever cenários e agir com precisão nas decisões que precisam tomar.

Em 2016, a Plataforma Qlik foi utilizada principalmente no encerramento do exercício do mandato. O uso do business intelligence ocorreu fundamentalmente na análise dos dados e na sugestão de propostas para as áreas que necessitavam de cancelamento de empenhos ou de manutenção de saldos financeiros.


Aumento da velocidade no acesso das informações

A velocidade para acessar as informações foi o destaque do uso do business intelligence na Prefeitura de Santos. A Plataforma Qlik contribuiu com a geração de dados confiáveis e na rápida tomada de decisão em um momento importante para a administração do município.

Cerca de 40 gestores usam a Plataforma Qlik em seu dia a dia, especialmente para gerar relatórios de forma rápida, evitar o trabalho manual e garantir a fidelidade dos dados. Ao usar o business intelligence, relatórios que demoravam quatro meses para serem emitidos são criados em horas.

O BI teve a função de agilizar o trabalho dos gestores, eliminar tarefas manuais que burocratizavam as funções e que não traziam velocidade à gestão pública. Essa transformação foi comprovada no cotidiano dos funcionários da Prefeitura de Santos e pela população. Confira o case completo!

Secretaria da Fazenda do Distrito Federal (Sefaz/DF)

A Sefaz/DF usou a Plataforma Qlik para transformar o modo com que o acesso as informações ocorria na Secretaria. Tudo começou com o uso da ferramenta na fiscalização e no incremento da receita de forma espontânea com a criação do Posto Fiscal Eletrônico.

Com o uso da ferramenta os auditores da Sefaz do Distrito Federal puderam acessar os dados de forma efetiva e em tempo real, os documentos eram analisados antes mesmo dos produtos chegarem em Brasília. Com isso, o incremento no setor de cosméticos, por exemplo, cresceu 27% em 2016.

O uso da inteligência no acesso as informações estratégicas foi utilizado para o setor de administração dos recursos públicos, como Tribunal de Contas, órgãos de controle e licitação. Hoje, com o business intelligence, os investimentos públicos podem ser comparados com transparência e em tempo real.

Por que usar o business intelligence para gerenciar um órgão público?

Assim como a iniciativa privada, os órgãos governamentais precisam de agilidade na mensuração dos resultados, geração de indicadores rápidos e eficientes. Tudo isso permite uma rápida tomada de decisão com uma base em informações seguras.

Tanto a Prefeitura de Santos, quanto a Secretaria de Fazenda do Distrito Federal experimentaram a transformação que a Plataforma Qlik é capaz de promover na gestão pública. Esses foram apenas dois exemplos de como o setor público pode transformar seus serviços através da tecnologia.

Agora que você já sabe como o business intelligence ajuda a gerenciar uma empresa governamental, que tal descobrir tudo o que o que a Plataforma Qlik tem a oferecer?
Conheça agora mesmo todas as características da melhor plataforma de business intelligence do mercado!

Veja conceitos e práticas de business intelligence para gestores