Um dos principais desafios enfrentados pelas organizações atualmente é o excesso de informação. Não que isso seja um problema, muito pelo contrário: com o acesso a informação é possível entender seu cliente, os pontos fracos da empresa e as oportunidades de negócio. O problema acontece quando a informação está dispersa e não é apresentada de uma forma que ajude nos processos de tomada de decisão.

O setor de marketing é um dos que mais sofre deste mal. Se você já acompanhou as métricas de uma campanha de marketing deve ter visto que existe sempre uma grande quantidade de dados disponíveis, porém muitas vezes eles são apresentados de forma confusa e pouco útil para os gestores.

Marketing com foco

A principal vantagem que o BI traz para a estratégia de marketing da sua empresa é a possibilidade de centralizar os esforços para os canais mais eficientes. O marketing vai descobrir qual é o perfil do cliente e poderá direcionar campanhas para este perfil. Com ferramentas poderosas de BI, é possível traçar desde as regiões que possuem mais clientes até descobrir o poder de compra do seu consumidor médio, passando pela faixa de idade, sexo e até mesmo os principais interesses.

Se uma empresa de softwares descobre que a maior parte das suas vendas acontece para uma determinada região do Brasil, ela poderá tanto direcionar mais recursos para campanhas publicitárias nesta região como tentar descobrir porque as vendas são mais baixas em outros lugares.

Os veículos de comunicação também não estão de fora. Com os relatórios fornecidos pelas soluções de BI, o marketing pode compreender que tipo de campanha é mais eficiente na TV, qual produto apresenta um aumento nas vendas quando anunciado em jornais impressos e quais são mais apropriados para um público de internet, por exemplo.

O BI também é essencial para compreender a sazonalidade dos seus produtos, em quais épocas os clientes compram mais e em quais a demanda reduz. A partir daí poderão ser criadas, campanhas mais intensas nos meses de alta na demanda ou promoções nos períodos de baixa.

Redes sociais e criação de relacionamentos

Outro ponto fundamental, é que ferramentas de Business Intelligence também podem auxiliar na construção de relacionamentos com os clientes, principalmente por meio das redes sociais. Um sistema pode ser implementado para traduzir as menções recebidas em posts, tweets e comentários  para informações relevantes. Acompanhar esse monitoramento pode ficar ainda mais fácil se incluídos em uma só ferramenta, que permite a criação de dashboards e abas que permitem consultar os dados dos períodos anteriores, fazer comparações e previsões.

Os dados servirão para entender como a marca da sua empresa é vista por atuais e potenciais consumidores, permitindo que se criem relacionamentos diretos com os clientes a partir destas informações. Além disso, a organização pode entender quais são os pontos fracos da sua marca e qual direcionamento tomar para  resolver os problemas.

Outro importante uso do Business Intelligence nas redes sociais é no monitoramento de uma campanha que está em curso. Como as informações são recebidas praticamente em tempo real no sistema e de uma forma simples de ser compreendida, cria-se a possibilidade de fazer ajustes e tornar a campanha mais eficiente enquanto ela ainda está acontecendo, potencializando seus resultados.

A quantidade de informações que o marketing tem que lidar é uma realidade em qualquer empresa. É preciso extrair o máximo de informações, de uma forma rápida e eficiente, para entender quem é o seu cliente e como sua marca é vista. Por isso, aliar o BI à sua estratégia pode ser a carta na manga da sua empresa para melhorar os resultados de marketing e estreitar seu relacionamento com os clientes.  

New Call-to-action