É possível que você tenha iniciado 2016 com um planejamento comercial menos otimista do que nos anos anteriores. Mesmo diante da necessidade de aumentar as vendas e melhorar a performance financeira em relação ao período passado, o cenário econômico brasileiro ainda gera incertezas.

Como, normalmente, a projeção de vendas é feita com base nos dados de mercado aliado ao desempenho do negócio fica difícil garantir a acuracidade das informações e ser assertivo no forecast, não é?

Mas você pode mudar esse cenário e ser mais exato. Veja o passo a passo para usar os dados a favor do seu negócio e acertar na previsão de vendas.

Passo 1: Estruturando o pipeline

O pipeline é seu funil de vendas. Nele, você deve incluir todos os leads e potenciais clientes de compra. Considere até mesmo as empresas que manifestaram interesse, porém não vão dar prosseguimento por enquanto. É importante você ter planejado o número bruto de clientes e o valor das compras que podem (ou não) gerar caixa no futuro.

Passo 2: Qualifique os leads

Na maioria das vezes, a qualificação dos leads é feita de acordo com a percepção e informação trazidas pelos vendedores e gestores da organização. Porém, esse processo pode apresentar falhas e comprometer o forecast. Isso porque, embora as informações da equipe sejam importantíssimas, elas não são exploradas em potencial máximo. Nesta etapa é recomendado analisar os cenários e cruzar os dados de toda a base para garantir mais assertividade na previsão de vendas.

Passo 3: Afinando o forecast

Para tornar as previsões de venda mais precisas vale a pena investir na gestão inteligente das informações. E é possível fazer isso por meio de uma plataforma de business intelligence (BI). Com o uso de uma solução de inteligência de negócios, você consegue interpretar as informações que possui sobre os clientes, mercado e cruzar com o histórico da empresa. Tudo isso com mais precisão e rapidez.

Passo 4. Coloque o plano em prática

Compartilhe com a equipe a utilização do dashboard para que todos possam acompanhar a performance dos negócios. Como as informações são processadas diretamente pelo datawarehouse, os reports podem ser gerados em tempo real e a qualquer momento - e tudo é bem mais seguro que uma simples planilha de vendas.

Além disso, ainda existe a possibilidade de personalização dos relatórios, permitindo recortes de acordo com a necessidade de cada vendedor ou gestor, por exemplo.Uma previsão de vendas malfeita pode comprometer a saúde financeira da sua organização e ainda impedir o cumprimento de metas. Para evitar os erros no forecast, considere o uso do BI e do data discovery para ter insights de negócios e ser assertivo nas previsões.

Conquiste mais clientes com Business Intelligence